Jesuítas celebram 200 anos de restauração

0
204

A Companhia de Jesus foi fundada por Inácio de Loyola em 15 de agosto de 1534. Após mais de dois séculos de profundo vigor, a Ordem foi perseguida por dinastias francesas, portuguesas e espanholas, que queriam reduzir a influência dos religiosos, principalmente dos jesuítas. Assim, em 21 de Julho de 1773, a Companhia foi supressa em todo mundo pelo Papa Clemente XIV.
No entanto, a extinção canônica da Companhia não conseguiu sufocar o Espírito que está na origem da sua existência. Apesar de supressa, a Companhia de Jesus se manteve viva graças a sua presença no Oriente, sendo restaurada canonicamente, em 1814, pelo Papa Pio VII.
“A Companhia não precisou ser refundada, porque o Espírito, herança dos Exercícios Espirituais, permanecia nos jesuítas da Rússia e na partilha dos que viviam no anonimato, quem sabe, nutrindo a esperança de ver a justiça triunfar sobre o ódio que motivou a extinção da Companhia de Jesus. Essa foi a razão pela qual nós escolhemos o lema ‘Dois períodos de uma mesma história, num mesmo Espírito’, para marcar, no Brasil, as comemorações do bicentenário da restauração da Companhia de Jesus”, afirma padre Carlos Contieri, SJ, coordenador das comemorações do Bicentenário.
Simpósio – Entre as atividades comemorativas, um simpósio nacional sobre os aspectos históricos, políticos e sociais da Congregação será promovido de 08 a 10 de maio, em São Paulo (SP), pela Província do Brasil da Companhia de Jesus.
A abertura das Conferências e Mesas redondas contará com a presença de padre Alfonso Carlos Palacio Larrauri, Provincial do Brasil, doutor José Eduardo Franco, da Universidade de Lisboa, entre outros importantes representantes e estudiosos.
Como resultado dos trabalhos apresentados e dos debates realizados durante o Simpósio, está prevista a publicação de um livro em agosto de 2014, mês de comemoração da restauração da Companhia de Jesus.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.